Black Friday: como preparar a logística da sua empresa

20/10/2017
Por cbbr
black friday

Você investidor digital e empresário já deve ter ouvido falar ou participado da chamada black friday na sua vida. Isso porque este é considerado um dos maiores eventos do e-commerce brasileiro que acontece anualmente.

Para se ter uma ideia, em 2016, o evento anual vendeu apenas no comércio eletrônico R$ 1,9 bilhão. Sendo que este número já é 17% maior que o do ano de 2015.

Isto, sem se falar que o país se arrasta numa crise que já dura anos. O que demonstra que a black friday é uma das melhores maneiras de equilibrar e movimentar o mercado econômico nacional.

E a sua loja? Está preparada para a black Friday deste ano? E a logística da sua empresa? Está pronta para atender a demanda da “sexta-feira negra”? Saiba como preparar a logística da sua empresa lendo este artigo até o final e aproveite o melhor que ela pode oferecer para você e para o seu negócio.

Afinal, que é a Black Friday?

como preparar para a black friday

A black Friday é um termo que designa uma data específica para promoções especiais.

Surgido nos Estados Unidos, é um termo originalmente voltado para o varejo, que representava a sexta-feira após o feriado de Ação de Graças.

De acordo com o que a história remonta, o feriado surgiu em meados da década de 90 na Filadélfia, e o termo pode ter sido adotado pelos policiais da região que denominavam a data de “sexta-feira negra” por conta do trânsito e dos engarrafamentos nas ruas.

Isso porque, como acontece, em geral, na última semana de novembro, esta é a oportunidade que muitas pessoas têm de comprar os presentes de Natal antecipadamente antes das altas de final de ano.

Apesar de a ideia ser originalmente norte-americana, vários outros países se aproveitaram desta estratégia de varejo para alavancar um pouco da sua economia neste período.

Canadá, Portugal, Reino Unido, Austrália e, claro, o Brasil também não poderia ficar de fora.

Black Friday no Brasil

No Brasil a primeira incidência da black Friday aconteceu em 2010 e, basicamente, foi totalmente online. Reunindo modestas 50 lojas, o evento teve o seu ápice nos anos seguintes, faturando históricos R$ 770 milhões em 2013 e aumentando essa quantia desde então.

Dentre os produtos favoritos para as compras de final de ano no evento por brasileiros estão principalmente TVs e smartphones.

Em 2016, o faturamento do evento, como um todo, teve um total de arrecadação de 1,9 bilhão de reais, ficando abaixo da expectativa do Ebit (site que fiscaliza a reputação de lojas online) que previa vendas de R$ 2,1 bilhões.

Entretanto esses valores superam em 17% o faturamento do ano de 2015, mostrando que a black Friday é um evento que movimenta sim bastante dinheiro e vale a pena o investimento das lojas online para manter o mercado aquecido.

Segundo Pedro Guasti, presidente da Ebit, a crise funcionou como um combustível para a black Friday, já que ela “ajudou a atrair novos consumidores que antes compravam produtos de maior valor agregado somente no varejo físico”.

Ou seja, para quem possui um e-commerce, o  evento funciona como uma forma de vender produtos que não possuem tantas saídas – a exemplo de eletrodomésticos, que acabam por ter suas maiores parcelas de vendas concentradas em lojas físicas.

Entretanto, se você quer que a sua empresa esteja preparada para a black Friday deste ano, é preciso que o seu serviço de logística esteja preparado para a demanda.

Este ano o evento ocorre no dia 24 de novembro – e segundo pesquisas, as vendas devem aumentar pelo menos em 20% em relação ao ano passado. Você acha que a sua empresa está preparada para isso?

Como preparar a logística da sua empresa para a black Friday

logística para Black Friday

Como você deve imaginar, o brasileiro ainda tem em suas maiores necessidades e desejos de compras os eletrodomésticos e eletrônicos. Por essa razão é que lojas virtuais que trabalham com esses produtos precisam estar atentas.

E mesmo as que trabalham com outros produtos, como informática, moda, casa e decoração, devem estar preparados para um maior fluxo de acessos e de vendas durante o período.

Esta é a oportunidade de vender mais para os seus clientes e quem sabe conquistar alguns novos clientes. Tudo isso vem com um planejamento estratégico minucioso – principalmente no que se diz respeito à logística.

Um trabalho mal realizado neste setor pode pôr a perder a imagem que a sua marca possui e a oportunidade de realizar um bom volume de vendas no período.

Por essa razão é que algumas dicas são valiosas no que se refere ao planejamento de logística para a black Friday deste ano.

Planejamento estratégico de vendas

Para que a sua empresa possa vender bem na “sexta-feira negra” é preciso planejamento estratégico.

Planejamento estratégico não é um conceito fechado, e muito menos, só se faz uma vez. Nesse momento, por exemplo, é hora de reavaliar alguns conceitos de vendas.

Por isso é importante que tanto o seu estoque esteja preparado como a sua campanha também seja preparada meses antes, para que os seus clientes e potenciais clientes saibam que a sua empresa está pronta.

Organize sua equipe, reveja o seu canal de vendas, servidores, organize a logística, e tenha em mãos um relatório detalhado de que produtos são mais procurados e vendidos.

Além disso, procure saber quais produtos podem ser grandes fontes de lucros, quais irão receber descontos e a maneira como esses descontos serão aplicados, verifique o estoque e avalie como as promoções serão divulgadas.

Isso sem comentar a necessidade de negociação com fornecedores, para que não faltem produtos nos momentos em que a sua empresa mais precisar deles.

Controle de estoque

Através da ajuda de um inventário você poderá fazer, antes da black Friday, uma análise da quantidade de produtos que a sua empresa possui.

Dessa maneira, ficará mais fácil saber o que precisa ser reposto e quanto tempo precisarão para que eles estejam de fato prontos.

Assim, essa análise de dados é essencial para que os riscos de falta ou sobra de produtos no estoque.

Além disso, a black Friday também é uma boa maneira de retirar do seu estoque produtos que estão há muito tempo encalhados e precisam de saída – afinal a permanência de investimentos sem retorno acaba por influir diretamente no capital de giro da sua empresa.

Simulações de fretes e prazos

Uma das grandes reclamações colhidas por sites como o Reclame Aqui está ligado com a divergência de valores – divergência essa que muitas vezes tem ligação com os valores aplicados aos fretes.

Muitas vezes ofertas imperdíveis perdem o seu potencial por conta desses fatores, o que pode fazer com que os usuários e compradores se sintam lesados ou enganados.

Tanto os valores de fretes como os prazos muito longos acabam por ser um grande problema na hora de vender produtos na black Friday. Para evitar atrasos e mal-entendidos que podem prejudicar a sua empresa, o mais recomendado é fazer simulações de fretes e prazos.

A partir dessas simulações você poderá estipular um valor de frete e um prazo de entrega adequado para os seus clientes. De preferência deixe isso claro no momento das vendas.

Demanda maior

Se o seu site possui um valor x de visitantes e de compras diários, é preciso prepará-lo para suportar uma quantidade até 10 vezes maior neste período.

Por isso é preciso preparar o terreno com antecedência, verificar servidores, aumentar a capacidade do site, verificar a velocidade de resposta e facilitar este acesso. Isso evitará que a sua loja virtual venha a cair ou ficar bem lenta com o número de acessos.

Assim como as vendas aumentarão é preciso preparar também a sua empresa para que o atendimento ao cliente seja bombardeado de dúvidas, comentários, reclamações e questionamentos de clientes.

Outro ponto, é preparar uma tabela de fretes que abranja várias localidades não só da sua região como de todo o Brasil, para que assim você não perca vendas localizando CEPs desconhecidos, por exemplo.

Setor de transporte

Se a sua empresa possui um serviço de logística própria, durante o período da black Friday será o momento de intensificar as capacidades de atender as demandas.

Além disso é um bom momento para fazer as manutenções necessárias no setor. Assim você não contará com um desfalque em sua equipe – comprometendo assim os prazos de entrega e a credibilidade da sua marca.

Se, por outro lado, você conta com serviços terceirizados de empresas de logística, esse é o momento para contar com um serviço comprometido de transporte.

Procure parcerias que se mostrem abertas a negociações. Características como flexibilidade e serviço especializado para que os produtos cheguem dentro do prazo e com a segurança necessária.

Tecnologias de rastreamento é um diferencial que deve ser levado em conta, por exemplo, na hora de contratar um serviço de logística de confiança.

Seu cliente poder saber onde está o seu produto é um grande diferencial na hora das compras.

Pós-venda e logística reversa

A black Friday é uma oportunidade de grandes vendas, mas, como é de se esperar, reclamações, pedidos de troca, devolução ou retornos aumentam igualmente.

Então, nesse sentido, o atendimento ao cliente rápido e eficiente acaba por ser uma  forma de buscar um diferencial e é uma forma de garantir que aquele cliente permaneça fiel às promoções e oportunidades que a sua empresa pode oferecer.

A logística reversa, como é chamado esse processo, que envolve devolução ou trocas, precisa ser bem trabalhada. Dessa maneira você não apenas facilita a vida de seu consumidor como também garante uma experiência de compra excelente.

Também o processo de pós-venda deve ser trabalhado com cuidado por empresas que participarão da black Friday, pois, o atendimento é uma forma de manter a credibilidade da empresa – e evitar que o nome dela esteja entre as reclamações do site Reclame Aqui, por exemplo.

Conclusão

A black Friday é uma ótima oportunidade de negócios e de vendas para a sua empresa – além de contribuir e muito para manter a economia aquecidanesses atuais momentos de crise econômica.

Por essa razão é que a sua empresa precisa estar preparada para atender toda a demanda que ela traz. Afinal, são vários os consumidores que esperam este momento do ano para realizar as suas compras.

Por isso, ter em mãos uma melhoria nos seus serviços de logística acaba por ser uma das melhores formas de garantir um melhor aproveitamento desse evento anual.

Estoque, atendimento, fretes e serviços de entrega precisam ser revistos, assim como é preciso que haja uma preparação que preceda o evento, para que assim tanto a sua empresa e funcionários como o seu público possa se preparar para o que vem por aí.

E novembro está quase chegando. Sua empresa está com o planejamento estratégico de logística preparado para o que vem por aí.

Aplique algumas das dicas que demos acima e aproveite tudo o que a black Friday pode oferecer para você e sua empresa!

E aí, gostou do artigo acima? Que tal compartilhar em suas redes sociais? Fique ligado em mais novidades, deixe o seu comentário e marque seus amigos! Até a próxima!

Black Friday: como preparar a logística da sua empresa
Avalie este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *