Código EAN 13 – O que é? Para que serve? Como usar na empresa?

10/05/2018
Por cbbr
código ean 13

Para que você possa fazer a comercialização de qualquer produto brasileiro tanto no mercado nacional quanto no internacional, você irá precisar do código ean 13.

Ele veio para facilitar a forma como comercializamos todos os nossos produtos do dia a dia, tornando cada tipo de produto único na hora de passar no caixa.

Qualquer diferença de cor, sabor, tamanho, quantidade, cor é percebida em cada código de barras o que torna o controle de estoque simples para o comerciante.

Se você quer vender em lugares como o Mercado Livre, B2W, Google Shopping ou qualquer outro varejista do Brasil, você vai obrigatoriamente precisar de um código de barras para a sua empresa.

O que é EAN?

codigo de barras

Código EAN 13 é uma combinação única de números com 13 dígitos para identificar um objeto ou produto com base em um sistema europeu (“EAN” que significa “Numeração Européia de Artigos”, “European Article Number” do inglês). Ele também é chamado hoje em dia de GTIN (Global trade Item Number) 13 na nova nomenclatura em que é utilizada.

Quando você faz compras, você pode ver esses números no código de barras.

Isso significa que os produtos podem ser identificados através de um único número e sem erros!

Porque surgiram e para que servem os códigos ean 13?

Antigamente, as lojas eram muito mais simples, com poucas opções de produtos, marcas, cores, tamanhos. O comerciante conseguia registrar tudo em seu controle manualmente.

Hoje, as empresas evoluíram em torno de um mundo acelerado, dando aos consumidores um processo de pagamento e preço muito mais rápido.

Tudo isso é possível com o uso do código de barras.

Um código de barras é uma etiqueta ou rótulo de codificação que é colocado em todas as mercadorias que permitem aos computadores rastrear e associar os produtos de forma muito mais rápida e precisa do que se fosse realizada manualmente.

Um código de barras pode ler a informação de um produto inteiro. Isso é quase 10 vezes mais rápido do que se uma pessoa inserisse as informações à mão.

Além disso, a quantidade de erros feitos em um sistema de computador por itens com um código de barras é significativamente menor do que aqueles feitos por erro humano. Para aproximadamente cada 1.000 teclas digitadas por um ser humano, há uma média de 10 erros.

Com códigos de barras, a cada 10 000 leituras realizadas por um scanner óptico, há uma média de um único erro.

Este fato por si só é uma vantagem significativa para o uso de códigos de barras para todos os produtos.

No mundo dos negócios, queremos manter nossa sobrecarga baixa.

O uso de códigos de barras pode realmente reduzir a quantidade de tempo de treinamento necessário para os funcionários.

Um scanner é bastante simples de operar e automaticamente faz a computação para você.

Ensinar novos funcionários como usar um scanner é muito simples e realmente só deve levar uma questão de minutos.

Isso é muito mais fácil do que ter que se sentar com os funcionários e mostrar-lhes todo o inventário da loja e processo de preços que eles teriam que lembrar e ser precisos a cada momento.

Outra grande vantagem dos códigos de barras é a sua relação custo-benefício.

Os rótulos podem ser facilmente impressos e adicionados aos itens em um curso espaço de tempo, de modo que todo o seu inventário seja rotulado e rastreado imediatamente.

Os códigos de barras também podem ser impressos em praticamente qualquer coisa que você deseja imprimir diretamente: envelopes, pacotes de mala direta, etc.

É fácil ver por que os códigos de barras são um método muito mais eficaz e fácil de monitorar produtos de inventário e preços, mesmo se tratando de algumas centenas ou alguns milhares de itens.

Eles oferecem a identificação automática do produto, o reconhecimento e a implementação extremamente rápidos de dados, uma taxa de erro muito baixa, são extremamente rentáveis ​​e podem ajudar os empregadores a baixar as despesas gerais e reduzir o tempo de treinamento e trabalho.

O mundo moderno exige que as empresas se mantenham à frente da concorrência e mantenha o ritmo quando se trata de tecnologia moderna nos negócios. O uso de códigos de barras é uma parte muito integral do processo de rastreamento de inventário que oferece inúmeros benefícios para a empresa e seus clientes.

Para que o código EAN é usado?

quando investir

O código EAN é usado em todo o mundo para registrar produtos de varejo.

O símbolo codifica 13 caracteres: os dois ou três primeiros são um código de país que identifica o país em que o fabricante está registrado (não necessariamente onde o produto é realmente feito).

O código do país é seguido por 9 ou 10 dígitos (dependendo do comprimento do código do país) e uma soma de verificação de um único dígito. Códigos de barras suplementares de 2 dígitos e 5 dígitos podem ser adicionados para um total de 14 ou 17 dígitos de dados.

Os números únicos são alocados para cada produto de varejo separado, não apenas pela marca do produto, mas pela variação (peso, cor, sabor, etc.). Também são necessários números separados quando o produto muda (exceto quando o preço muda).

Diferenças entre o UPC e o código EAN 13

O código de barras UPC-A (código universal de produto) foi o formato original dos códigos de barras do produto. À medida que a demanda na Europa, Ásia e Austrália começava a crescer, os códigos dos países foram adicionados.

Embora o sistema UPC tenha precedido o uso de códigos EAN, o EAN foi feito retrospectivamente compatível. Em teoria, todos os scanners projetados para ler UPC também devem ler EAN e vice-versa. Na prática, todos os scanners EAN lerão a UPC, mas alguns scanners vendidos nos EUA não conseguiram ler o EAN. Tais scanners já não estão sendo vendidos e os sistemas estão se tornando compatíveis.

As principais diferenças são:

  • O UPC é usado na América do Norte (Canadá e EUA);
  • O EAN 13 é usado nos outros países como a Europa e o Brasil;
  • O código UPC possui 12 números enquanto o EAN 13 possui 13 números.

A simbologia do código EAN

A simbologia do código EAN destina-se a ser um padrão mundial (embora alguns países utilizem outros sistemas), portanto, nenhum produto de varejo pode ter o mesmo número.

Em comum com a maioria das outras implementações de código de barras, o código EAN têm um dígito de verificação que é o último número à direita.

Ele é usado para verificar um erro na digitalização ou na entrada de dados.

O erro mais comum encontrado com a transcrição ou codificação de dados é o de transposição (reverter a ordem de dois dígitos). Portanto, o seguinte sistema é usado:

  1. A partir da direita do número e excluindo o dígito de verificação, adicione cada dígito alternativo.
  2. Multiplica o resultado de 1. por 3
  3. Adicione todos os dígitos restantes.
  4. Adicionar resultado 2. ao resultado 3.
  5. O dígito de verificação é o número mais pequeno que, quando adicionado ao resultado da etapa 4. produz um múltiplo exato de 10.

Por exemplo, o dígito de verificação para o número 401234567890 é calculado da seguinte forma:

0 + 8 + 6 + 4 + 2 + 0 = 20

20 x 3 = 60

9 + 7 + 5 + 3 + 1 + 4 = 29

60 + 29 = 89

89 + 1 = 90 – portanto, o dígito de verificação é 1.

Nas duas simbologias de códigos de barra UPC-A e EAN, 12 dígitos são codificados pelo padrão barra / espaço.

A principal diferença com EAN é que o 13º caractere (o do lado esquerdo do código) é codificado pela paridade variável do lado esquerdo do código.

O sistema numérico EAN usa 3 diferentes conjuntos de caracteres (A, B e C).

Em cada conjunto de caracteres, o padrão barra / espaço para um determinado dígito é diferente.

A metade direita do código usa apenas o conjunto de caracteres C enquanto a metade esquerda pode usar uma mistura de conjuntos A e B.

É o padrão da mistura que determina o 13º caractere. Por exemplo, se a metade esquerda do código usado ABBAAB, o 13º dígito seria 5.

Principais Vantagens do Código EAN 13

Os códigos EAN são muitas vezes ignorados como um método para reduzir custos e economizar tempo.

Conheça alguns incríveis benefícios do código EAN

  • Os códigos de barras eliminam a possibilidade de erro humano. A ocorrência de erros para dados inseridos manualmente é significativamente maior do que a dos códigos de barras. Uma varredura de código de barras é rápida e confiável, e leva infinitamente menos tempo do que a entrada de dados à mão.
  • O uso de um sistema de código de barras reduz o tempo de treinamento dos funcionários. Leva apenas alguns minutos para o funcionário aprender a usar o scanner portátil para leitura de códigos de barras. Além disso, os funcionários não precisam se familiarizar com um inventário completo ou um procedimento interno próprio. Isso também torna a formação dos funcionários menos dispendiosa, já que não é necessário tirar um funcionário do trabalho para treiná-lo ou ainda correr o risco de perder uma mao de obra já treinada e ter de começar do zero novamente.
  • Os códigos de barras são baratos para criar e imprimir. Eles podem ser impressos em etiquetas com custo baixo. A criação também é feita de uma forma automática.
  • Os códigos de barras são extremamente versáteis. Eles podem ser usados ​​para qualquer tipo de coleta de dados necessários. Isso pode incluir informações sobre preços ou inventário. Além disso, os códigos de barras podem ser anexados a praticamente qualquer superfície, eles podem ser usados ​​para rastrear não só os produtos em si, mas também os envios de saída e até o equipamento.
  • O controle de estoque melhora. Como os códigos de barras, é possível rastrear o inventário com precisão, a quantidade de vezes que uma empresa para para fazer inventario, podem ser reduzidos. A localização dos produtos também pode ser rastreada, reduzindo o tempo gasto procurando por ele e o dinheiro gasto substituindo o algo que é presumido perdido.
  • Os códigos de barras fornecem melhores dados. Uma vez que um código de barras pode ser usado para informações de inventário e de preços, é possível obter rapidamente dados em ambos. Além disso, os códigos de barras podem ser personalizados para conter outras informações relevantes conforme necessário. Eles fornecem dados rápidos e confiáveis ​​para uma ampla variedade de aplicações.
  • Os dados obtidos através de códigos de barras estão disponíveis rapidamente. Uma vez que a informação é digitalizada diretamente em um computador central, instantaneamente ela fica pronta. Esta rápida mudança garante que o tempo não será desperdiçado na entrada ou recuperação de dados.
  • Os códigos de barras promovem uma melhor tomada de decisões. Como os dados são obtidos com rapidez e precisão, é possível tomar decisões baseadas em informações precisas. Uma melhor tomada de decisão, em última análise, economiza tempo e dinheiro.
  • Entender as preferências dos consumidores. Qualquer informação pode ser coletada em tempo real, tais como: Qual é o produto mais vendável? Qual é o produto mais vendido ou o menos vendido? Uma campanha apresentou resultados favoráveis (fazendo a medição de estoques antes e depois da campanha).

Como usar os códigos EAN na sua empresa?

Você deve primeiro contatar uma empresa que revenda os códigos de barras como a Códigos de Barras Brasil. Após entrar em contato, você deve efetuar o processo de compra que é muito simples e rápido. Você receberá os códigos através do e-mail e poderá imprimi-los e alocá-los em todos os seus produtos.

Muito fácil certo?

Para concluir, os códigos EAN 13 são uma escolha valiosa e viável para as empresas que procuram melhorar a eficiência e reduzir a sobrecarga, pois são econômicos e confiáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *