GTIN: o que é e para que serve o Número Global de Item Comercial?

10/07/2018
Por cbbr
gtin

Todos nós já ouvimos sobre as mudanças provenientes do Google ao adicionarem o Número de item de comércio global, o GTIN (Global Trade Item Number ou Números Globais de Itens Comerciais, em tradução livre).

Se você ignorou esta mudança, já é hora de começar a inserir esses identificadores de produto, na hora da criação ou de anunciar seu produto, já que o prazo está se aproximando rapidamente!

A partir de 16 de maio, o Google começará a reprovar produtos que não possuam um GTIN válido associado ao produto.

O que é um GTIN?

ean

Os GTINs são simplesmente os números de um código de barras que são usados ​​pelo fabricante da marca para identificar de maneira exclusiva um produto dentro do mercado global.

Eles vieram para substituir os antigos códigos EAN.

Eles são necessários para todos os produtos que possuem uma marca e para os produtos anunciados através de um comércio.

Eles também são necessários para produtos feitos sob medida, ou para produtos artesanais, desde que sejam comercializados em grandes varejistas e vendidos em larga escala.

 

Se você já tentou comprar um eletrônico para a sua casa, por exemplo, com certeza ao fazer uma busca pela internet, pode ter se frustrado por não o ter encontrado com as palavras usadas por você na busca.

O GTIN irá resolver este problema.

Desta forma, será possível avaliar preços do mesmo produto, do mesmo fabricante, com tamanho e cor em diferentes varejistas.

Como este código é composto?

Ele é composto de 13 dígitos e identifica o seu produto cadastrado.

Portanto o código GTIN:

  • é específico para seu produto
  • pode ser cadastrado conforme necessário

O código pode receber 8, 12, 13 ou 14 dígitos. Sendo eles:

  • GTIN-8: é codificado no código de barras EAN-8;
  • GTIN-12: utilizado no código de barras UPC-A;
  • GTIN-12: codificado no EAN-13;
  • GTIN-14: codificado no ITF-14.

Depois que um GTIN é utilizado para determinado produto, ele deve ser  utilizado apenas para aquele produto.

A importância do GTIN para o seu e-commerce

O mundo digital é uma jornada contínua. Com a ascensão da Internet como principal canal de distribuição, o comércio eletrônico tornou-se uma prioridade fundamental para a maioria das empresas.

É natural que os clientes desejem comprar seus produtos online, exatamente onde tudo acontece: na internet!

Então, como o GTIN ajudaria?

Simples!

O GTIN pode ser usado como o único código importante para todos os seus dados.

É uma maneira eficiente e amigável de validar, acessar, enviar e receber informações que sejam à prova de erros, com eficiência de tempo e segurança.

O que é o Google Shopping?

google shopping

O Google Shopping é alimentado por duas plataformas: o Google AdWords e o Google Merchant Center.

Google Merchant Center é onde o seu produto aparece em destaque, são os detalhes de seus produtos organizados em um formato que o Google gosta.

O AdWords é o local onde suas campanhas atuais vivem e onde você configurará seu orçamento, gerenciará seus lances, obterá informações e criará otimizações com base no desempenho.

A configuração e gerenciamento de anúncios do Google Shopping é bastante diferente da configuração de anúncios de textos tradicionais.

Com anúncios de texto, você está criando campanhas, grupos de anúncios e anúncios focados em palavras-chave que você escolhe.

Com o Google Shopping, o Google determina quando os anúncios da lista de produtos aparecerem. Eles consideram seu feed, seu site e seus lances para determinar quais consultas de pesquisa acionam seus anúncios.

O sucesso com o Google Shopping resume-se a:

Criação e otimização de feed – Isso, inclui os dados do seu produto, imagens do produto e preço.

Monitoramento e otimização – Um dos grandes benefícios do Google Shopping é a capacidade de ver dados de desempenho e fazer otimizações necessárias. Monitoramento e otimização adequados podem levar uma boa campanha e torná-la ótima.

E porque este código também é importante para o Google?

Enquanto o Google fabrica e vende alguns produtos físicos (Nest, Chromecast, etc.), essa coleção de negócios é insignificante quando comparada ao seu negócio principal: Os links de produtos patrocinados.

E para provar o seu domínio nessa área, o Google quer encontrar formas fáceis de vender cliques com maior qualidade e rapidez.

Desta forma, ele oferece conteúdos cada vez mais relevante para seus usuários sempre que eles pesquisam por algo.

Para o Google Shopping, exigir que os anunciantes apresentem dados padronizados e estruturados – como GTINS – em feeds de produtos, permitem que o Google melhore os seus robôs de busca para a consulta de pesquisa de um usuário.

Conheça as principais vantagens do GTIN

GTIN Mandator

1. Melhores dados do produto levam a melhores experiências de usuários e mais envolvimento

– Os anúncios de compras são uma maneira incrivelmente visual de comercializar seus produtos on-line. Sabia que toda essa comercialização acontece nos bastidores do buscador?

– Quanto mais informações você fornecer, melhor será a oportunidade que você terá para mostrar os anúncios corretos para os usuários certos nas buscas corretas.

– Quando podemos identificar com precisão o produto que estamos buscando, temos maior confiança de que ele corresponde aos nossos termos de busca.

– Adicionando esses GTINs, você não precisa da associação por palavra chave. A busca é exata!

2. Aumentar o número de impressões que você pode receber

As impressões são boas, certo? Certo.

A melhor maneira de se tornar elegível para obter mais impressões é fornecer os dados certos utilizando o código GTIN para que o produto em seu feed apareçam corretamente.

Os comerciantes que se preocupam com esses identificadores de produtos conseguem até 40% mais impressões em seus anúncios.

De onde são essas impressões?

A maior parte desse ganho é atribuído a capacidade de fazer um melhor trabalho de cadastro de produtos, o que aumenta suas chances de aparecer no Google Shopping.

Também lhe dá a oportunidade de aparecer em lugares como YouTube, parceiros de pesquisa e busca orgânica. Eles são canais valiosos que não estão disponíveis sem a informação de alimentação correta no lugar.

GTINs é o caminho certo para essas obter essas novas impressões.

3. Aumentar o número de conversões que você pode receber

As impressões são excelentes, mas para os e-commerce de alta performance, muitas vezes são irrelevantes.

Você sabe o que é ainda melhor? Conversões. Temos também que nos importar não somente com quem viu o anuncio, mas sim com quem comprou algo de mim.

Fornecer ao Google o GTIN correto para um produto em seu feed pode aumentar a taxa de conversão desse produto em até 20% (com base em uma análise interna de anunciantes que já adicionaram GTINs).

4. Você já possui esta informação disponível

Os GTINs são impressos nas caixas dos produtos comercializados.

É um padrão global e existem diferentes tipos de GTINs em regiões e tipos de produtos:

  • UPC(na América do Norte / GTIN-12): número com 12 dígitos (códigos UPC-E com 8 dígitos devem ser convertidos para códigos UPC-A com 12 dígitos)
  • EAN(na Europa / GTIN-13): número com 13 dígitos
  • JAN(no Japão / GTIN-13): número com 8 ou 13 dígitos
  • ISBN(para livros): número com 13 dígitos (valores de ISBN-10 devem ser convertidos para ISBN-13)
  • ITF-14(para multipacks / GTIN-14): número com 14 dígitos

Esta informação está prontamente disponível para você, seu cliente, seu fabricante, seu distribuidor ou outra pessoa em sua empresa.

Para iniciar o trabalho de cadastramento em seu e-commerce, você deve armazenar estes dados em uma planilha ou banco de dados para alimentar os itens a serem atualizados em seu site.

5. Os GTINs são globais

A configuração correta de seus GTINs para anúncios de compras, ajudará o seu cliente a se relacionar melhor com você e com a sua concorrência.

Mercados e varejistas diferentes dependem do mesmo GTIN, então ao configurar isso, você estará apto a competir por igual um com o outro.

Como localizar um GTIN

Consulte o código de barras na embalagem do produto ou na capa do livro.

Se você não encontrar o GTIN, entre em contato com o fabricante do produto para solicitar o número.

Tipos de identificadores exclusivos de produto

NomeDescriçãoAtributo
UPC·         Usado principalmente na América do Norte.

·         Código universal de produto (UPC, na sigla em inglês), também conhecido como GTIN-12 e UPC-A.

·         12 dígitos numéricos.

·         Um identificador numérico exclusivo para produtos comerciais, normalmente associado a um código de barras impresso nas mercadorias de varejo.

gtin
EAN·         Usado principalmente fora da América do Norte.

·         Número de artigo europeu (EAN, na sigla em inglês), também conhecido como GTIN-13.

·         Normalmente, 13 dígitos numéricos (ocasionalmente, podem ser 8 ou 14 dígitos numéricos).

·         Um identificador numérico exclusivo para produtos comerciais, normalmente associado a um código de barras impresso nas mercadorias de varejo.

gtin
JAN·         Usado apenas no Japão.

·         Número de artigo japonês (JAN, na sigla em inglês), também conhecido como GTIN-13.

·         8 ou 13 dígitos numéricos.

·         Um identificador numérico exclusivo para produtos comerciais, normalmente associado a um código de barras impresso nas mercadorias de varejo.

gtin
ISBN·         Usado globalmente.

·         Número padrão internacional de livro (ISBN, na sigla em inglês).

·         ISBN-10: 10 dígitos numéricos (o último dígito pode ser “X”, que representa o número “10”).

·         O uso deste formato foi suspenso em 2007, e nem todos os livros podem ser representados por um código ISBN-10.

·         ISBN-13 (recomendado): 13 dígitos numéricos normalmente iniciados por 978 ou 979.

·         Um identificador numérico exclusivo para livros comerciais publicados a partir de 1970 que pode ser encontrado na parte de trás do livro com o código de barras.

gtin
Marca·         Usado globalmente.

·         A marca do produto.

brand [marca]
MPN·         Usado globalmente.

·         Número da peça do fabricante (MPN, na sigla em inglês).

·         Dígitos alfanuméricos (vários tamanhos).

·         O número que identifica exclusivamente o produto para o fabricante dele.

mpn

Sempre liste os códigos GTIN em seu site e sentir o peso desse prazo em você, comece agora mesmo a fazer a sua lição de casa!

Aproveite este momento para melhorar o desempenho de suas campanhas, já que nem todos ainda estão 100% adequados!

GTIN: o que é e para que serve o Número Global de Item Comercial?
5 (100%) 2 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *