12 plataformas de lojas virtuais mais famosas

25/04/2018
Por cbbr
plataformas de lojas virtuais
12 plataformas de lojas virtuais mais famosas
Avalie este artigo

Nós separamos um ranking com as  12 plataformas de lojas virtuais mais usadas dos últimos 12 meses entre os brasileiros, que querem lucrar na internet com lojas virtuais.

É graças a este crescimento de e-commerce que o Brasil entrou numa lista positiva, e está agora na décima posição dos países com maior índice de vendas online, e vale mencionar que da América Latina, nós somos os únicos a aparecer, logo abaixo da Coreia do Sul, Canadá e Rússia.

Se você caiu aqui por acaso ou ainda não sabe bem o que uma plataforma de e-commerce ou lojas virtuais faz, a gente explica.

O que é uma plataforma de e-commerce?

Uma plataforma para loja virtual funciona como uma vitrine online, é como se fosse a estrutura da loja física, mas, no mundo virtual. Em outras palavras, uma plataforma de lojas virtuais oferece ao comerciante um conjunto de tecnologias ou sistemas, que permite que ele possa hospedar sua loja, vender e fazer transações financeiras com facilidade e segurança.

Qual a melhor plataforma de loja virtual?

Não há como dizer qual a melhor de todas, só quais são as mais usadas, e este ranking varia um pouco, alguns meses umas estão à frente das outras, e ainda há aquelas que lideram a lista com vantagem, mas que não caem no gosto de todo mundo.

Uma plataforma de e-commerce é uma escolha pessoal, a que serve para uma empresa pode não ser a mais indicada para você, tanto pela linguagem e plugins que usa, quanto pelo sistema de suporte ao cliente. Assim, vale a pena escolher a sua preferida depois de muita pesquisa, e também vale trocar, quando o que você precisa for mais bem atendido pelo concorrente.

Entendendo melhor uma plataforma de lojas virtuais – e-commerce.

Há duas partes principais em uma plataforma de e-commerce, front-end e back-end.  O front-end é a parte com a qual o cliente – seu consumidor – interage. Uma plataforma com um bom front-end vai fazer sua loja se destacar na experiencia com o usuário final, seus clientes terão uma melhor experiencia de compra.

Já o back-end é uma interface que trabalha para você, é onde o processo de venda e de manutenção ocorre. O cliente não vê, mas sente, indiretamente. E você sim, usa mais este lado. Relatórios e processos gerenciais são feitos aqui.

Plataformas de e-commerce não são todas iguais.

Há diversos tipos de plataforma de e-commerce, e cada um tem vantagens e desvantagens próprios. É preciso ter em mente coisas como métricas de conversão, antes de fechar contrato com qualquer plataforma.

Podemos separar as plataformas em três tipos principais:

  • Plataforma Open Source: é um tipo de plataforma sem custo, você pode baixar e instalar.
  • Plataforma On-Premises: nesta plataforma tem a necessidade de adquirir uma licença de uso do código.
  • Plataforma SaaS: neste modelo cada cliente tem um código próprio, os serviços são pagos.

Confira a seguir a lista das 8 melhores Plataformas de lojas virtuais do Brasil

1.      WooCommerce

Líder absoluto nas plataformas, e com quase ¼ do mercado brasileiro sob seu domínio, o WooCommerce tem mais que 30% do mercado sob seu domínio, e é a maior plataforma de e-commerce do país. O motivo é simples, pode ser configurado facilmente no WordPress, mantendo a mesma flexibilidade na hora de conseguir relatórios, campanhas de marketing e até, cadastro de produtos. Lidera porque é simples. Você pode conferir por si mesmo, aqui.

2.      Loja Integrada

Esta é 100% nacional, levando 15,53% do mercado online. É uma das que permite criar sua loja virtual de graça, oferece tutoriais de apoio, e ainda faz ligação com teu blog, o que ajuda a alavancar as vendas. Também tem integração em larga escala com o Facebook, e permite ao cliente que utilize sistema de cupons de desconto em suas vendas, o que atrai também o público. Para saber mais sobre a Loja Integrada, clique aqui.

3.      Magento

A Magento já esteve na primeira posição, com 18% do mercado nacional, mas perdeu um pouco do espaço nos últimos meses. Agora, com 15% da fatia do e-commerce brasileiro e quase 6 mil domínios no pais, a Magento se destaca por sua facilidade no desenvolvimento de sites. Um outro ponto a favor, é o atendimento ao cliente, considerado um diferencial positivo da Magento.

4.      WixStores

Atualmente a WixStores tem quase 3 mil sites produzidos, e é responsável por 14,79% do volume de vendas online. um diferencial da plataforma é que ela é simples o bastante para que não seja preciso nenhum conhecimento de programação. Há também galerias – vitrines – virtuais customizáveis através de um editor bem fácil de usar. Você pode ver mais sobre a WixStores aqui.

5.      OpenCart

A OpenCart subiu muito nos últimos meses, chegando a 5ª posição desta lista, com 14,68% do mercado brasileiro. A plataforma oferece assinaturas com preço acessível, tem espaço para avaliação – o que aumenta a visibilidade dos produtos vendidos, e oferece várias formas de pagamento. Um diferencial é o trabalho que eles possuem para os mecanismos de busca. Saiba mais aqui.

6.      VTEX

A plataforma e-commerce da VTEX tem mais de 8% do mercado nacional, mais de 3.000 sites. Tem uma filial no Brasil, e oferece um site em português  veja aqui. Permite que você crie lojas virtuais responsivas, agende a entrega ou escolha modalidade de retirar na loja diretamente no ato da venda.

7.      Virtuemart

A Virtuemart, possui hoje cerca de 7% do mercado brasileiro, com quase 3 mil sites na plataforma. É gratuita e é compatível com Joomla. Um diferencial é que a plataforma é otimizada para os sites de busca, tem plugins que facilitam o pagamento, opções diferentes de frete, e um sistema de inventário fácil de usar. Veja mais sobre o Virtuemart aqui.

8.      Prestashop

O último, na 8ª posição, é o Prestashop. A plataforma tem hoje mais de 1 mil lojas virtuais cresce cada dia mais. O sistema de inteligência de busca, oferece ao visitante produtos baseados na navegação, o que leva o cliente a ter uma experiencia otimizada, e comprar mais.

Também tem integração com Facebook, blog e não perde em nada para as grandes plataformas, só está mais abaixo porque chegou agora no mercado. Você pode conferir o site da empresa e saber mais sobre eles aqui.

Conheça outras plataformas de lojas virtuais muito usadas no Brasil e no mundo

Estas a seguir não estão ranqueadas, mas são gigantes que você pode levar em conta caso esteja buscando uma plataforma de e-commerce. Vale dar uma olhada e ver se atendem ao que você precisa, porque a maior parte delas está no mercado há bastante tempo, e possui – se não no Brasil, no exterior – um volume significativo de sites sob sua tutela.

Shopify

A Shopify é uma empresa canadense,  fundada em 2004 e com mais de 150 mil sites no mundo todo. Esta plataforma tem um volume total vendas maior que  U$8 bilhões de dólares.

Só pelo tamanho da empresa já vale a pena conhecer, ela é fácil de criar e configurar, tem uma mensalidade baixa e também permite vendas pelo Facebook e integração com blogs. É considerada uma das maiores do mundo, ao lado do Magento.

Nuvem Shop

A Nuvem Shop tem ferramentas que lhe permitem gerenciar a loja até pelo smartphone, integração com blog e redes sociais e aceitam também mais que uma forma de pagamento.

Tray commerce

No mercado há mais de 14 anos, eles possuem uma plataforma customizável, com mensalidades acessíveis e boa integração. Os temas – mais de 40 modelos – também são responsivos e funcionam tanto no pc quanto nas telas dos smartphones.

Minestore

A Minestore é uma startup brasileira,  criada em 2013 por Amilton Paglia tem um jeito meio self-service, onde você cria sua loja de forma simples, escolhendo o que mais precisa ou te agrada. Está também em crescimento. Você pode ver mais a respeito no site da empresa, aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *