Negócio Escalável: o que é, importância e como fazer

20/02/2018
Por cbbr

Você sabe o que é um negócio escalável?

Esse é um modelo de negócio que tem como principal vantagem elevar o faturamento da empresa, mas sem que para isso seja necessário aumentar as despesas.

Com esse modelo de negócio a empresa é capaz de crescer sem que tenha de aumentar a sua infraestrutura e despesas globais. Além disso, ela é capaz de se desenvolver no plano nacional e internacional, pois é capaz de chegar a um maior número de consumidores sem que os custos de produção aumentem.

Desta forma, podemos afirmar que a escalabilidade dá a oportunidade às empresas de fazerem muito mais, com bem menos, podendo chegar a um maior número de clientes com investimentos baixos relativamente ao seu alcance.

O que é um negócio escalável

Chamamos de negócio escalável todo aquele em que é possível aumentar os ganhos sem elevar proporcionalmente as despesas.

Na maior parte dos negócios, à medida que o negócio cresce, também crescem, na mesma medida, as despesas inerentes à produção.

Olhando para as regras básicas do mundo empresarial, quando uma organização cresce, todas as despesas principais crescem também, quer ao nível do aperfeiçoamento dos processos, soluções tecnológicas, contratação de novos profissionais, adquirir mais maquinário, entre outros investimentos que se veem necessários para atender a uma maior demanda.

Portanto, de forma a que uma empresa se torne escalável, é indispensável que os processos internos sejam padronizados e simplificados. Só assim conseguiremos elevar a nossa capacidade de produção com uma maior agilidade, mas usando menos recursos.

Como descobrir se uma empresa é escalável

Para conseguir determinar se uma empresa pode ser, ou não, escalável, é importante ter em conta se ele pode:

  • Ser ensinado – Quando o processo de produção pode ser ensinado
  • Ser valioso – Quando temos um produto / serviço único, o qual está em falta no mercado
  • Ser ampliável – Quando o modelo pode ser ampliável, repetível

Antes de mais nada, é importante referir que nem todos os negócios podem ser escaláveis. Este tipo de modelo é mais indicado para startups tecnológicas, meios de comunicação e indústria.

Empresas de consultoria, restaurantes, e outro tipo de organização que dependem de uma estrutura mais complexa, geralmente são pouco escaláveis, apesar de alguns poderem alcançar esse resultado com o franchising.

Por que é importante ter um negócio escalável?

negócio escalável

Esse modelo de negócio traz muitos benefícios para uma empresa. Aqui queremos compartilhar com vocês algumas das principais vantagens de alcançar a escalabilidade em sua entidade.

1 – Valor de mercado é mais elevado

Uma empresa escalável tem um maior valor de mercado. Hoje em dia, empresas com esse tipo de modelo de negócio estão sendo mais valorizadas no mercado financeiro do que as restantes.

2 – A empresa apresenta melhorias no desenvolvimento

A escalabilidade em uma empresa fornece uma concentração nos padrões de processos, e por isso mesmo as atividades internas da organização são muito melhor executadas. Assim sendo, ao ter um melhor desempenho, o desenvolvimento é muito maior, permitindo que sua empresa cresça continuamente.

3 – Favorece a expansão

Empresas com esse modelo de negócio têm uma maior propensão para expandir o seu negócio, quer ao nível nacional, quer ao nível internacional. Isto se deve a uma produção mais eficiente, ágil, além de ter um produto único e os seus clientes fiéis.

Como implementar um negócio escalável em minha empresa?

Antes de tudo, é importante verificar se sua empresa tem todas as características necessárias para implementar esse modelo, e se ele é o mais adequado para a sua organização.

Se tem todas as condições de implementar esse modelo de negócio, deverá começar investindo em boas práticas de aplicação do próprio modelo. Aqui deixamos algumas dicas que podem ajudá-lo na implementação de um negócio escalável.

Padronize e mapeie os processos

Tanto o mapeamento como a padronização dos processos são fundamentais para os negócios que querem ser escaláveis.

Ao ter um bom mapeamento e padronização dos processos, é possível alcançar uma maior agilidade na produção para que consiga atender a todas as suas demandas.

Assim sendo, é muito importante que:

  • Identifique os processos que se encontram envolvidos nas operações da empresa
  • Simplifique todos os procedimentos
  • Acabe com toda a burocracia desnecessária
  • Faça as mudanças necessárias no fluxo de trabalho

Esse é um caminho que deve percorrer com cautela e precaução. Não é algo que se conclua de um dia para o outro. Poderá levar semanas, meses, até que todas essas etapas sejam concluídas.

Aqui talvez seja útil se apoiar em algumas ferramentas e softwares para o efeito. Para obter os melhores recursos de apoio é fundamental saber as necessidades específicas de cada setor para conseguir encontrar os softwares e ferramentas certos para saná-las.

Treine os novos profissionais

É fundamental que invista na formação de todos os funcionários, mas em especial aqueles que são novos na empresa. Se os negócios escaláveis podem ser ensinados, então é crucial que a sua organização invista em treinamento de novos colaboradores.

Essa atitude fará com que o seu padrão de qualidade seja garantido, além de poder obter uma rotatividade de pessoal.

Para que o seu treinamento seja bem-sucedido, deve:

  • Identificar qual a forma mais eficiente de repassar o seu conhecimento
  • Identificar quais os funcionários mais experientes para que eles deem formação aos novos funcionários
  • Oferecer todos os materiais necessários para que os profissionais consultem cada vez que alguma dúvida surgir

Quando as empresas investem na formação contínua de seus funcionários, os trabalhadores estarão mais capazes de trazer inovação para a empresa, o que poderá fazer com que a empresa desenvolva ainda mais e continuamente.

Ter um diferencial

Todos os negócios escaláveis têm um diferencial de mercado. Eles oferecem um produto, ou serviço, que é valioso para os seus clientes, até porque eles não o conseguem achar em nenhum outro lugar, ou não da mesma forma.

Para que consiga obter um produto / serviço com essa característica, é fundamental que identifique o seu produto/market fit. Ou seja, você precisa achar um produto perfeito que atenda às necessidades dos seus clientes.

Claro que não existe uma fórmula mágica que permita que esse produto / serviço surja da noite para o dia. Esse é um processo que pode levar meses, e às vezes anos, a ser desenvolvido. Para tal é necessário fazer vários testes para determinar as necessidades do cliente, e depois:

  • Desenvolver o protótipo
  • Lançar o produto
  • Estudar a resposta dos clientes
  • Identificar lacunas
  • Adequar o produto até alcançar o seu ideal

Replicar

Para uma empresa escalável, a replicação é a vantagem. Estudar a possibilidade de o produto ser produzido e distribuído em massa é fundamental para alcançar a escalabilidade.

No entanto, esta é uma coisa que exige ponderação e estudo. É preciso entender se a empresa tem estrutura para atender à demanda no longo prazo, e caso não tenha, quais os investimentos necessários para que tal seja possível.

Estratégias para a criação de um negócio escalável

Como percebemos ao longo do que foi já dito, a escalabilidade de uma empresa é um dos fatores mais importantes. Ela permite que a empresa tenha um maior potencial de crescimento, sendo que esse crescimento se dá de forma contínua, sem uma necessidade de aumentar as despesas proporcionalmente.

Se conseguirmos uma escalabilidade em nossa empresa, é quase garantido que a empresa terá longevidade e marcará toda uma geração, como aconteceu com o McDonald’s, por exemplo.

No entanto, para conseguirmos transformar uma empresa em um negócio escalável, é fundamental que se sigam algumas estratégias.

Inovação

Não há como fugir a ela! Para conseguirmos ter sucesso em qualquer negócio, é preciso nos focarmos na inovação. É impossível sobreviver num mercado tão competitivo se não inovarmos. Ainda mais quando falamos em negócios escaláveis.

Sem dúvida, apostar na inovação é a melhor estratégia para aumentar o faturamento da sua empresa, o qual poderá aumentar em até 80%. Ora, com o aumento do faturamento da empresa, é possível investir em novas formas de crescer.

É certo que inovar não é fácil. A inovação traz vários desafios aos empresários, mas é fundamental para que um empreendimento sobreviva.

É isso mesmo! A inovação não se prende unicamente com o crescimento empresarial, mas com o fato de se manter lucrativa. Sem inovação, raras serão as empresas que vão manter suas portas abertas no curto prazo, e a longo prazo poderá ter certeza que fechará portas.

Por isso, e apesar do medo de enveredar por um mundo desconhecido, é fundamental que invista em projetos inovadores que podem alcançar milhares, milhões, e até biliões de consumidores.

Funil de Vendas

Um negócio escalável tem como base o crescimento contínuo. Para tal, é muito importante que se concentre nas boas práticas de gestão, assim como nos seus produtos inovadores.

Para tal, é muito importante que estude o mercado. Faça uma pesquisa alargada e aprofundada sobre a demanda dos seus produtos / serviços, além de pesquisas sérias que deem a conhecer o cliente ideal / persona.

Isso não é algo novo para os empresários. De fato, os empreendedores já se encontram familiarizados com o termo persona e público-alvo, e sabem bem como é fundamental saber para quem estão vendendo.

Assim que essas pesquisas estiverem concluídas, é importante definir novos objetivos e estratégias.

Invista cerca de 90% do tempo da equipe comercial para a captação de potenciais clientes, sendo que esses potenciais clientes deverão estar de acordo com a persona identificada nas pesquisas e estudos de mercado elaborados anteriormente.

Lembre-se que, todo o tempo que gastar com clientes que não fazem ideia do que está oferecendo, é uma verdadeira perda de tempo!

Identificar a escala do seu negócio

Cada negócio tem a sua própria escala. Portanto, é importante saber que para cada nicho de mercado existe uma escala diferente.

Por exemplo, imagine que tem uma fábrica. Neste caso é importante que tenha um controle do capital intensivo, mão de obra, parque fabril, e distribuição. Mas imagine que tem uma loja. Nesse caso o importante é ter habilidades de varejo, saber gerir pessoas, custos externos, transporte.

Note também que nem sempre é vantajoso passar para um negócio escalável. Estude seriamente quais as possibilidades e decida depois de bem estudadas todas as hipóteses.

Saber dividir

Não há como negar. Um negócio escalável é impossível de ser gerido por uma única pessoa. Ter um negócio com esse modelo é sinônimo de dividir tarefas. É preciso que o empreendedor tenha consciência que terá de abrir mão de muitas coisas, e também terão de liar com outras que não têm conhecimentos aprofundados.

Por isso, é importante que o empreendedor tenha a capacidade de identificar um parceiro que saiba lidar melhor com algumas partes, como negociação, ou finanças.

Adquirir conhecimentos

Nada se consegue se não tiver os conhecimentos necessários para gerenciar o seu negócio. No caso dos negócios escaláveis, é fundamental que tenha conhecimentos adequados para saber gerenciar esse tipo de modelo de negócio.

Será que o empreendedor está realmente preparado para tamanho crescimento? Será que tem em mente quais as melhores técnicas a implementar para melhorar os processos? Será que tem conhecimentos adequados para gerir pessoas? Quais são as melhores práticas de gestão?

Tudo isso deverá ser tido em conta quando falamos de um negócio escalável. Só com esses conhecimentos específicos é possível obter sucesso nesse modelo de negócio.

Considerações finais

O sonho de qualquer empresa é ver suas fronteiras se alargarem indefinidamente. Ocupar o topo no seu nicho de mercado, entrar em vários países e conquistar o mundo está nos planos de todo o empreendedor.

Mas será que você tem tudo o que precisa para alcançar esse crescimento? Com um negócio escalável isso é possível, mas é necessário ter em mente que deve seguir todas as dicas que lhe passamos ao longo desse artigo.

Lembre-se que adquirir conhecimento antes de avançar com algum projeto é fundamental. Só assim terá capacidade para avaliar se pode, ou não, passar para essa transição.

Se você se acha capaz de colocar o seu negócio escalável, nós te desejamos a maior sorte desse mundo! Siga os nossos conselhos e o sucesso será garantido!

Negócio Escalável: o que é, importância e como fazer
Avalie este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *