O que é gestão da inovação tecnológica?

03/05/2018
Por cbbr
gestão da inovação tecnológica

Um dos grandes diferenciais de qualquer empresa que atua no mercado é o investimento em gestão da inovação tecnológica.

Quer saber o motivo?

A gente explica!

O mercado empresarial está cada vez mais competitivo, no Brasil e no mundo. O número de empresas abrindo e fechando as portas é grande.

Para sobreviver em um cenário de extrema competitividade, a melhor estratégia é sempre investir em inovação.

Os melhores players do mercado conseguem se manter firmes mesmo em momentos de crise. Eles acompanham as tendências e oferecem aos clientes produtos e serviços de qualidade.

Essa necessidade de investimento em inovação não é exclusiva para empresas de grande porte. Mesmo as pequenas empresas podem ganhar e muito ao investir em inovação.

Não importa o seu nicho de atuação, a sua especialidade. A sua empresa, seja qual for, vai crescer e muito com investimentos certos em inovação.

O que significa investir em gestão da inovação tecnológica?

o que significa investir em inovação tecnológica

A tecnologia se atualiza constantemente, em uma velocidade que está além da mensuração. Todos os dias são lançados novos produtos e serviços de qualidade única.

Com o advento da internet, o nível de desenvolvimento global se elevou a um novo patamar.

Nesse cenário, investir em inovação significa estar atento às novas tendências do mercado, se atualizar constantemente em busca dos melhores serviços, de otimização e automação.

Tudo isso para alcançar melhores resultados, garantir a satisfação dos clientes e economizar recursos.

Investir em inovação é estar sempre um passo à frente da concorrência, sem perder oportunidades de negócio e fazendo bom uso de todos os recursos da sua empresa.

Lembre-se de que a sua marca representa o seu negócio. A imagem que você passa para o mercado é a imagem que o mercado tem da sua empresa.

Milhares de empresas no mundo já abraçaram a inovação e investem boa parte do lucro no desenvolvimento dos seus serviços e processos.

São players que se deram conta da importância de acompanhar o avanço tecnológico global para não perder espaço no mercado empresarial.

Leia Mais:

Quem deve investir em gestão da inovação?

quem deve investir em inovação

As pequenas e médias empresas são as que mais tendem a ganhar com investimento em inovação. Vejamos os requisitos para que a sua empresa seja classificada como pequena ou média:

Pequena empresa:

  • 10 a 49 funcionários no setor de serviços;
  • 20 a 99 funcionários na indústria;
  • Receita bruta anual superior a R$ 1,2 milhão;
  • Faturamento médio em torno de R$400 mil por ano.

Média empresa:

  • 50 a 99 empregados no setor de serviços;
  • 100 a 499 empregados no setor industrial;
  • Receita bruta anual de R$ 4 milhões até R$ 22 milhões.

Já as médias possuem de 50 a 99 empregados na área de serviços e de 100 a 499 no industrial, com receita bruta anual de R$ 4 milhões ou até R$ 22 milhões.

Vantagens de investir em inovação

São muitos os benefícios para a empresa e para o empreendedor que investe constantemente em inovação. Quer saber quais são? Fizemos uma lista dos principais, confira:

1. Aumento dos resultados

Sem dúvidas, um dos principais benefícios proporcionados pelo investimento em inovação é o aumento dos resultados.

Toda empresa que esteja atuando no mercado tem como um de seus objetivos a obtenção de lucro. O modelo capitalista é justamente esse: as empresas oferecem produtos e serviços e esperam lucrar com isso.

A grande questão é: como expandir os resultados empresariais? A resposta está no investimento em inovação, uma vez que permite que a empresa cresça.

Um exemplo claro de investimento em inovação que rende ótimos resultados são os processos de automação.

Existem no mercado excelentes softwares de gestão para empresas, que facilitam o controle em vários setores, como é o caso do estoque.

Nada de gastar tempo e dinheiro com processos manuais, cheios de falhas – afinal de contas, pessoas são falhas por natureza.

Os softwares de gestão permitem que a empresa cresça e se desenvolva com grande velocidade, oferecendo aos gestores dados precisos, muitas vezes em tempo real.

2. Economia de recursos

A economia de recursos é própria do investimento em inovação. O mercado global está cada vez mais aberto para o uso de tecnologia em seus processos.

Máquinas e homens estão trabalhando lado a lado para atender aos consumidores e oferecer produtos e serviços de qualidade.

Ao investir em inovação, a pequena e média empresa consegue economizar recursos, inclusive recursos indispensáveis a vida humana.

Não estamos falando apenas de dinheiro. Um dos princípios que regem a vida empresarial no Brasil é a função social da empresa.

Uma empresa que consegue economizar recursos naturais, como água, energia e outros, é bem vista não apenas pelo mercado, como também pela legislação.

Os métodos e processos modernos, que tem por base a inovação, permitem esse tipo de economia.

3. Melhor aproveitamento de pessoal

Um dos grandes medos da modernidade, decorrência da tecnologia, é que os postos de trabalho deixem de existir. Isso não vai acontecer, por uma razão muito simples.

Existem muitos serviços que não podem ser automatizados, como aqueles que dizem respeito à criatividade, pensamento crítico e resolução de problemas envolvendo pessoas, sentimentos e emoções.

Ao investir em inovação a empresa consegue reduzir o número de funcionários atuando em setores que podem ser facilmente automatizados e realocando essa mão de obra para setores mais ricos.

Exemplos de setores são o de marketing, do desenvolvimento de novas ideias e estratégias. São áreas que demandam pessoas criativas e não robôs automatizados.

4. Crescimento no mercado

Como consequência lógica do investimento em inovação por parte das pequenas e médias empresas está o crescimento no mercado.

Lembra que falamos que o mercado está cada vez mais competitivo? Abrir uma empresa atualmente é fácil, difícil mesmo é fazer com que ela sobreviva ao longo dos anos e gere lucro.

A grande verdade é que a maioria dos empresários teme investir em inovação e não obter retorno.

Esse medo acaba gerando uma situação paradoxal: eles deixam de obter retorno justamente pela falta de investimento em inovação. Por isso perdem espaço no mercado.

Para que a sua empresa, seja ela grande ou pequena, possa crescer cada vez mais, é fundamental que exista constante aperfeiçoamento dos processos, serviços, métodos e estratégias.

O mundo se transforma e a sua empresa também precisa se transformar.

5. Atração de novos clientes e parceiros

Um dos motivos pelos quais o mercado empresarial está mega competitivo é a crescente demanda e exigência por parte do público consumidor.

Se antes o consumidor tinha poucas opções no mercado e se contentava com qualquer coisa, agora ele pesquisa, avalia preços, qualidade, verifica as qualificações da empresa e muito mais.

Antes de realizar uma compra ou fechar um acordo o cliente analisa todas as possibilidades em busca da melhor proposta.

E ele não quer saber apenas de preço baixo, mas também da qualidade oferecida pela empresa, do grau de satisfação dos clientes anteriores e a forma como a empresa se relaciona no mercado.

Pequenas e médias empresas que investem em inovação conseguem sair na frente, pois atraem a atenção desse cliente que é cada vez mais exigente.

Da mesma forma, a empresa consegue criar parcerias de negócio sólidas, que agreguem valor para todos os envolvidos.

Como investir em inovação

como investir em inovação tecnológica

As pequenas e médias empresas podem investir em inovação de diversas formas. Todos os dias, novos processos, estratégias e recursos são colocados à disposição das empresas.

O conservadorismo, infelizmente, leva muitos players a evitar ao máximo o investimento em inovação.

Para te ajudar a investir melhor em inovação, separamos algumas dicas e ideias de como começar a investir:

  • Estude as tendências de mercado

Um dos primeiros passos para investir bem em inovação é observando as tendências gerais do mercado.

Todos os anos, para não dizer todos os meses e até mesmo todos os dias, novas tendências surgem em todas as partes. E aqui não estamos falando apenas de inovação.

Os próprios clientes se atualizam, mudam suas demandas e exigem das empresas novos produtos e serviços. A empresa que não fica atenta a essas tendências acaba ficando para atrás no mercado.

Ao observar as tendências do mercado, questione se a sua empresa está preparada para lidar com o novo cenário.

Se a resposta for negativa, está na hora de mudar seus processos, automatizar seus serviços e se adaptar ao mercado, para não perder o seu espaço.

  • Investigue a fundo o seu nicho

Cada empresa atua em um ou mais nichos específicos. Esse direcionamento é importante, pois permite que a pequena ou média empresa canalize seus esforços, produza com mais qualidade e ofereça sempre produtos e serviços com excelência.

Essa delimitação de nicho também ajuda na hora de investir em inovação, pois é muito mais fácil saber as tendências do seu nicho do que as tendências globais.

As tendências globais servem apenas para dar à empresa um direcionamento, enquanto as tendências para o nicho permitem identificar onde investir.

  • Observe o comportamento de grandes players

Aqui vai uma dica de ouro para identificar como e onde investir em inovação: observe o comportamento de outros players que atuem no mesmo cenário.

A experiência internacional é uma ótima forma de identificar pontos estratégias para investimento em inovação.

Consulte e investigue o comportamento desses players. Não há problema algum em se espelhar em outras empresas no mercado. A sua empresa só tem a ganhar ao implementar métodos que deram certo para outros negócios.

Mas tome cuidado na hora de fazer a implementação. Avalie as características específicas do seu negócio para saber se há compatibilidade das estratégias adotadas pela outra empresa.

  • Mantenha uma equipe especializada

Muitas empresas modernas contam com equipes específicas para lidar com questões referentes à inovação empresarial.

São profissionais que estão sempre antenados nas novidades, criativos e engajados na busca por soluções mais práticas e eficientes.

Pense nessa equipe profissional não como um custo extra, mas sim como uma forma de economizar, tendo em vista o retorno que pode ser obtido pela inovação.

Quando investir

quando investir

Uma das grandes dúvidas enfrentadas por gestores de pequenas e médias empresas diz respeito ao momento certo para começar a investir em inovação.

Não há segredo: o investimento deve ser contínuo, desde o começo. Uma empresa, quando entra no mercado, deve estar disposta a manter investimentos periódicos que garantam a sua sobrevivência.

Começar a atuar no mercado com o pensamento focado única e exclusivamente em retirar lucro, sem fazer investimentos, é um dos primeiros passos para o fracasso empresarial. Investir em inovação é tão importante quanto obter lucro.

Quanto investir em inovação empresarial

O montante a ser investido em inovação deve sempre respeitar as forças da empresa. Isso significa que o investimento deve estar dentro das condições financeiras.

O equilíbrio do caixa empresarial não pode ser comprometido pelo investimento. Caso contrário o risco para o gestor se torna grande. Por outro lado, o investimento em inovação não pode ser irrisório.

Inovação consciente

inovação tecnológica consciente

Um dos termos mais atuais quando o assunto é inovação para pequenas e médias empresas é inovação consciente.

Trata-se do equilíbrio perfeito entre os propósitos da empresa e o seu lucro. O tempo em que as empresas se preocupavam unicamente com o resultado financeiro se foi.

Agora, as empresas precisam investir em inovação, cuidar do meio ambiente, remunerar adequadamente os seus funcionários e atender bem aos seus clientes, oferecendo produtos e serviços de qualidade.

E elas não devem fazer isso por serem boazinhas. A razão é outra e muito simples.

Empresas que não se atualizam, que não oferecem produtos e serviços de qualidade, que não otimizam e automatizam seus processos, acabam perdendo espaço no mercado e fechando as portas.

A inovação consciente visa justamente fazer com que as empresas permaneçam fortes no mercado.

Está pronto para investir em inovação?

Tendo em vista tudo que foi dito sobre investimento, está na hora de começar a pensar em estratégias que façam com que a sua empresa cresça. Não pense com a cabeça do século passado, nem evite a mudança.

Mudar é preciso para continuar firme no mercado, atingir novos patamares, conquistar clientes e expandir os resultados.

Em um cenário cada vez mais competitivo, inovar é mais do que uma necessidade.

É algo extremamente fundamental para todo e qualquer empreendedor que deseje construir uma imagem sólida e confiável no mercado. Não perca as oportunidades de crescer, se atualize, inove.

O que é gestão da inovação tecnológica?
Avalie este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *