Canais de distribuição: o que são, tipos e formas

22/07/2019
Por cbbr

Canais de distribuição são todas as integrações de sistemas que possibilitam ao fabricante garantir a disponibilidade e fazer a entrega do produto final aos consumidores finais.  Eles são uma complexa rede constituída por vários intermediários com o objetivo de fazer a movimentação e certificar-se de possuir a disponibilidade dos produtos para o cliente no momento em que o produto é pedido por este.

Por isso, eles são fundamentais para qualquer empreendedor que tem uma empresa comercial, não é verdade?

Se não fossem os canais de distribuição os produtos não chegariam até os clientes. Eles são as redes que garantem todas as entregas de itens vendidos por seu comércio.

Devido à importância destes canais, vale muito a pena investir em meios que aumentem sua excelência. Afinal, quanto mais rápido e seguro for a entrega dos produtos para o cliente final, mais satisfeito ele ficará com o atendimento de seu negócio.

E o cliente satisfeito com certeza efetuará novas compras de seus produtos. Além disso, ao garantir um atendimento exemplar na entrega, você estará prezando pela reputação de seu empreendimento!

Para melhorar o atendimento referente aos canais de distribuição é extremamente importante seguir alguns passos com seriedade e comprometimento. É fundamental conhecer bem todos os tipos de canais e traçar estratégias para eles.

Considerando isso, hoje abordaremos o que são canais de distribuição e quais os seus tipos! Aqui você aprenderá também o passo a passo para fazer as melhores escolhas para a sua empresa! Acompanhe!

O Que São Canais de Distribuição?

o que é canal de distribuição

 

Os canais de distribuição são uma rede composta por muitos colaboradores, profissionais, que devem prezar por um bom atendimento ao cliente, garantindo a disponibilidade e a entrega segura e rápida dos produtos.

Eles também são conhecidos como canais comerciais ou canais de marketing. Os canais de distribuição estão presentes em diversos segmentos de seu negócio. Eles são os responsáveis pela entrega dos seus produtos para os clientes finais, mas não é só isso!

A finalidade dos canais de distribuição está relacionada à logística e ao marketing de sua empresa. Na parte logística, a finalidade é garantir todo o deslocamento físico dos produtos até a entrega ao consumidor final.

Já na parte de marketing, são os colaboradores membros dos canais de distribuição que devem levantar dados e informações sobre os clientes e traçar estratégias para estimular as compras.

A rede de intermediários presentes nos canais de distribuição pode envolver representantes, agentes, distribuidores, fornecedores, varejistas, atacadistas, dentre outros profissionais.

Então, é através da interdependência desta rede de intermediários que os produtos conseguem ser disponibilizados e entregues para os consumidores finais no local e momento exato.

Leia Mais:

Canais de Distribuição no Marketing

No marketing, os canais de distribuição são os meios que possibilitam a visibilidade e direcionamento dos produtos para o consumidor final adquiri-lo. E existem diversas formas de garantir que o produto seja disponibilizado e vendido.

Por isso, que a equipe de marketing precisa pesquisar e fazer as melhores escolhas referentes à todo o processo estrutural de distribuição. Dessa forma, os produtos alcançarão os clientes finais de forma rápida e fácil.

Sendo assim, a principal função dos canais de distribuição no marketing é atingir o público-alvo e disponibilizar os produtos o quanto antes para que eles possam ser vistos e comprados pelos clientes finais.

Canais de Distribuição na Logística

A logística é o setor de uma empresa responsável por toda movimentação e entrega dos produtos físicos para o consumidor final. Dentro dos canais de distribuição este setor deve cumprir com o trabalho que foi iniciado pelo setor de marketing.

Dessa forma, é fundamental que sejam cumpridos os prazos de entrega estipulados e que os produtos sejam entregues de forma segura e no local escolhido pelo cliente. Além disso, o setor logístico deve evitar falhas que são muito prejudiciais.

Estas falhas podem estar relacionadas à indisponibilidade do produto, entrega de itens errados ou danificados. Portanto, sem um bom setor logístico como intermediário da entrega física do produto, sua empresa pode sofrer prejuízos financeiros incalculáveis!

Tipos de Canais de Distribuição

tipos

Existem diversos tipos de canais de distribuição, vamos conhecê-los? Veja a seguir!

Agentes

Há situações em que uma empresa precisa de um grande número de intermediários para conseguir comercializar seus produtos. Geralmente, estas situações acontecem quando o produto é perecível ou produzido em uma quantidade exacerbada.

Dessa forma, é necessário que ele seja vendido rapidamente antes de ficar inapropriado para o consumo ou muito tempo estocado. E para vender este tipo de produto através de vendas ou revendas para varejistas e atacadistas os processos seriam árduos.

Nestas situações, os agentes são considerados as melhores alternativas! São eles que fazem a intermediação entre os produtores e os consumidores finais. Sendo assim, eles facilitam a entrega do produto final.

Os agentes podem ser representantes de venda ou corretores. Eles recebem autorização de revender os seus produtos e ganham pagamento de comissão sobre eles.

No modelo de canais de distribuição por agentes, a entrega dos produtos pode ser realizada por eles mesmos ou pelos fabricantes. A entrega pode ser feita por transportadora ou via Correios.

Distribuidores

Os distribuidores são aqueles que compram determinados produtos e depois revendem aos consumidores. Eles são responsáveis pelo armazenamento, negociação, vendas e assistência aos atacadistas e varejistas.

Eles atuam em conjunto com outras empresas que são as responsáveis pela comercialização dos produtos feitos pelos fabricantes. Estas outras empresas geralmente são bares, perfumarias, lanchonetes, docerias, restaurantes e mercados.

Varejistas

Os varejistas são intermediários que fazem a venda dos produtos de fabricantes para os consumidores finais. Os comércios varejistas são muito comuns na rotina de compra de diversas pessoas ao redor do mundo.

Nestes estabelecimentos os consumidores podem ter acesso à uma grande variedade de produtos. Porém, eles costumam ser mais caros, uma vez que os varejistas geralmente compram de atacadistas.

Atacadistas

Os atacadistas são canais de distribuição que compram um mesmo produto em grandes quantidades e diretamente dos produtores. Depois de adquiridos os produtos são revendidos para indústrias e comércios.

Apesar de não serem tão conhecidos por todos os consumidores, devido ao fato de não venderem volumes individuais ou pequenos de um mesmo produto, eles podem ser bem vantajosos.

A vantagem dos comércios atacadistas para os consumidores é que eles podem encontrar itens com preços mais acessíveis, uma vez que os atacadistas fazem a negociação diretamente com os fabricantes.

Os comércios atacadistas podem ser apenas focados no atacado ou podem ser mesclados com o varejo.

Formas de Distribuição

formas de distribuição

Além de conhecer os diferentes tipos de canais de distribuição é igualmente importante saber quais são as formas que os produtos podem ser distribuídos. Entenda mais a seguir!

Sistema de Distribuição Direta

No sistema de distribuição direta a empresa distribui seus produtos diretamente para os consumidores finais. Faz parte deste sistema a venda através de catálogos e a venda porta-a-porta.

Nas distribuições diretas de vendas feitas por catálogos e porta-a-porta, normalmente, as empresas utilizam revendedores ou promotores como canais de distribuição. Mas os consumidores também podem fazer pedidos diretamente para a empresa.

Os pedidos dos clientes podem ser distribuídos diretamente para os consumidores finais via Correios ou por transportadoras. E para isso acontecer é fundamental que a empresa garanta a qualidade do serviço de entrega.

Existem algumas vantagens no sistema de distribuição direta. Uma delas é que por não contar com varejistas como intermediários, o preço dos produtos pode ser mais competitivo.

Sistema de Distribuição Exclusiva

A forma de distribuição exclusiva funciona com poucos intermediários e parcerias exclusivas. Sua finalidade é atender a segmentos específicos do mercado consumidor.

Dentro deste sistema, os intermediários podem ser pontos de varejos, redes de lojas e representantes comerciais. Dessa forma, os representantes ficam responsáveis por levar os produtos aos pontos de varejo ou redes de lojas.

Estas lojas ou pontos de varejos terão exclusividade na distribuição dos produtos. E este relacionamento costuma ser bastante vantajoso, pois gera um forte vínculo.

Sistema de Distribuição Intensiva

O sistema de distribuição intensiva conta com um grande número de intermediários. A finalidade deste sistema é conseguir o maior número possível de canais que tenham interesse em fazer as vendas de seus produtos.

Este sistema é altamente recomendado para as empresas que possuem produtos fabricados em maior escala e que são de compras frequentes com preços relativamente baixos.

São exemplos destes produtos alimentos, produtos de higiene e produtos escolares e para escritório, como canetas, por exemplo.

A importância em tê-los no maior número de estabelecimentos possível é enorme! Isso porque eles serão encontrados pelos clientes com mais facilidade, assim, será mais fácil vendê-los.

Para disponibilizar estes produtos nos pontos de venda, a empresa pode contar com equipes de venda, representantes comerciais e distribuidores atacadistas.

Sistema de Distribuição Seletiva

A distribuição seletiva apesar de ser mais ampla do que a distribuição exclusiva é bastante segmentada. Neste tipo de sistema a empresa deve selecionar um número restrito de canais de distribuição.

A finalidade do sistema de distribuição seletiva é a valorização do produto. Para isso acontecer, a empresa deve selecionar apenas canais com ótima reputação, localização e ótimo espaço físico.

Dessa forma, há a garantia de que o público-alvo da marca será atingido, uma vez que os produtos foram disponibilizados nos principais canais de vendas. São exemplos de produtos ideais para este sistema os artigos de luxo e roupas de grife.

A distribuição seletiva é mais indicada para empresas e fabricantes que fazem produtos com valor agregado mais alto e destinado a um número restrito de consumidores, dentro de um público-alvo bastante definido.

Como Fazer a Escolha dos Melhores Canais de Distribuição Para a Sua Empresa?

melhores canais

Fazer uma ótima escolha do canal de distribuição do seu produto ou serviço é fundamental para seu negócio apresentar bons resultados!

Esta escolha pode ser a responsável pela vantagem competitiva de sua empresa. E, se for feita de uma forma errônea, pode acabar criando um gargalo que impedirá o seu crescimento!

Portanto, para ajudá-lo a fazer a escolha dos melhores canais de distribuição para a sua empresa, preparamos um passo a passo para você! Confira abaixo!

Conheça a Logística dos Canais de distribuição

O primeiro aspecto que você pode utilizar para fazer a escolha do canal de distribuição ideal para a sua empresa é conhecer como funciona a logística oferecida pelos intermediários.

É fundamental saber como os transportes são feitos e quais são as condições de armazenagem para os produtos. Procure avaliar os veículos de entrega, os depósitos, assim como, os outros sistemas e equipamentos.

Saiba os Limites e Prazos de Entrega

Saber quais são os limites e prazos de entrega dos intermediários é extremamente importante para que estejam de acordo com o atendimento proposto pela sua empresa.

Sendo assim, é necessário saber qual o máximo de itens, a exclusividade e o porte do canal de distribuição. Dessa forma, sua empresa estará preparada para efetuar a escolha que garanta rapidez e segurança na hora da entrega.

Verifique as Condições Físicas das Lojas

Se sua empresa optou pela distribuição em lojas é fundamental verificar quais são as condições físicas do estabelecimento. Verifique se a temperatura é apropriada para o seu produto, assim como, se a limpeza, umidade e organização do local é boa.

Estes fatores são muito importantes para que os consumidores comprem seus produtos com eles em perfeitas condições. Assim, a reputação de sua marca será mantida!

Pense Estrategicamente na Localização

A localização do canal de distribuição pode ser um grande diferencial para a sua empresa. Então, a região em que a loja está localizada deve ser escolhida de acordo com a concorrência e o público-alvo.

Pensar estrategicamente em relação à localização pode fazer com que seu negócio decole ao invés de estagnar ou afundar! Portanto, entenda a responsabilidade e faça a escolha adequadamente!

Faça a Medição de Custos e Benefícios

empresa empilhamento

Outro aspecto que não pode ser negligenciado na hora de fazer a escolha de seus canais de distribuição é a relação custo x benefício. Fazer a medição de custos e benefícios pode ajudar até mesmo quando há dúvidas entre algumas opções já selecionadas.

Procure fazer a relação de custos e benefícios de cada canal de distribuição e faça a escolha do canal que apresentar menor custo e maior satisfação!

Escolha de Forma Alinhada Com os Objetivos de Sua Empresa

É fundamental que a escolha dos canais de distribuição esteja bastante alinhada com os objetivos de sua empresa. Para isso, é necessário contar com toda a estrutura de sua empresa.

Tenha em mente quais são os objetivos, volumes de produção e vendas e público-alvo de seus produtos. Assim, você poderá escolher um canal de distribuição que atenda os volumes de produção, supra as demandas e que chegue até o seu público-alvo.

Seguindo estas etapas, sua empresa já pode começar a fazer o processo de triagem para chegar na escolha mais apropriada para ela!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *